domingo, 30 de outubro de 2016

Domingo de votação foi tranquilo em Minas

O domingo de votação nos quatro municípios de Minas Gerais onde houve segundo turno – Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora e Montes Claros – foi tranquilo e a avaliação do TRE, segundo o presidente da Corte mineira, desembargador Geraldo Domingos Coelho, foi muito positiva. Até o final da votação, apenas duas ocorrências policiais foram registradas, “casos isolados que não afetaram a normalidade da votação”, disse o desembargador.

Não houve ocorrências relacionadas às escolas ocupadas por estudantes, e o acordo firmado entre a Justiça Eleitoral mineira e as lideranças estudantis foi mantido. Nas nove escolas ocupadas em Belo Horizonte – dentre elas a escola Estadual Governador Milton Campos (foto) -, a votação ocorreu normalmente. O desembargador Domingos Coelho agradeceu aos estudantes que “colaboram com a eleição e mantiveram os compromissos acordados”. “Foi válido o diálogo que promovemos com eles, para que o eleitor pudesse exercer seu direito de voto”.

Duas ocorrências policiais registradas durante o dia de votação foram pouco expressivas: em Belo Horizonte e em Montes Claros, casos relacionados a propaganda irregular e a desacato a mesário, esta última gerou a condução do eleitor à unidade policial. Outras ocorrências ainda podem ser registradas.

Com relação às urnas eletrônicas, apenas 76 – 0,98% do total - foram substituídas em todo o estado, sendo 53 em Belo Horizonte (1,18%), 5 em Contagem (0,39%), 14 em Juiz de Fora (1,20%) e 4 em Montes Claros (0,49%). Assim como no primeiro turno, não houve votação manual.

Em Belo Horizonte, também chamou atenção a limpeza das ruas. O desembargador Domingos Coelho atribuiu às ações da campanha Sujeira Não é Legal liderada pelo TRE, que incentivou uma campanha eleitoral limpa, ao menor número de candidatos que no primeiro turno e, ainda, às limitações no financiamento das campanhas.

No posto de justificativa no Aeroporto de Confins, foram feitos 636 atendimentos e recebidas 781 justificativas. Na Rodoviária de Belo Horizonte, foram feitos 785 atendimentos e recebidas 452 justificativas. No Disque-Eleitor, foram feitos 2568 atendimentos até as 18h.

Desde o primeiro turno, os boletins de urna contêm um código de barra (QR Code), possibilitando o registro dos resultados nos celulares para posterior conferência com os dados totalizados.

Siga-nos no Twitter.

Curta a nossa página no Facebook.

Comunicação / Tribunal Regional Eleitoral - MG

Encerrado o processo eleitoral em Minas Gerais

Nas cidades em que houve 2º turno os vencedores da eleição para prefeito foram:

Belo Horizonte: Kalil (PHS) 628.050 - 52,98% dos votos válidos

Contagem: Alex de Freitas (PSDB) 223.902 - 72,96% dos votos válidos 

Juiz de Fora: Bruno Siqueira (PMDB) 151.194 - 57,87% dos votos válidos

Montes Claros: Humberto Souto (PPS) 123.156 - 65,31% dos votos válidos

O resultado de todas as cidades mineiras você encontra aqui.

TRE MG no Twitter.

TRE MG no Facebook.

da Redação com Comunicação / Tribunal Regional Eleitoral - MG

sábado, 22 de outubro de 2016

Justificativas no 2º turno serão recebidas em todos os municípios de Minas

Os eleitores das 57 cidades do País (formato PDF) onde haverá 2º turno que estiverem fora do município onde votam no dia 30 de outubro poderão justificar sua ausência às urnas em todos os 853 municípios do estado. A Justiça Eleitoral colocará mesas receptoras de justificativa, das 8h às 17h, à disposição dos eleitores. Para localizar um posto de justificativa no município onde estará no dia do 2º turno, o eleitor deve acessar o site do TRE, no menu Eleitor, item Justificativa. 

Os eleitores que estiverem em Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora ou Montes Claros (cidades com 2º turno em Minas) poderão justificar nas próprias seções eleitorais – desde que localizadas fora do município onde votam. O eleitor que estiver desembarcando ou embarcando pelo Aeroporto Internacional de Confins também poderá justificar o voto em um posto da Justiça Eleitoral, no ônibus TRE Aqui, que estará estacionado na área de desembarque de passageiros, das 8h às 17h. 

Na Capital, também haverá postos de recebimento de justificativa, funcionando das 8h às 17h, em dois locais na Rodoviária: no auditório (2º piso) e em um ônibus TRE Aqui, que ficará estacionado em frente ao estacionamento descoberto. Os postos da Justiça Eleitoral na Rodoviária começarão a funcionar na quinta-feira (27), com distribuição de formulário de justificativa e atendimento de eleitores para esclarecimento de dúvidas, das 8h às 19h. 

Os eleitores de cidades com 2º turno que estiverem em Betim poderão justificar a ausência às urnas na Central de Atendimento da Justiça Eleitoral, que fica na Avenida Nossa Senhora do Carmo, nº 192, no Centro da cidade. Se estiverem em Uberlândia, os eleitores das cidades onde haverá 2º turno também poderão justificar na Central de Atendimento, à Avenida Vasconcelos Costa, nº 1.646, Bairro Osvaldo Rezende. Em Uberaba, as justificativas serão recebidas também na Central de Atendimento da cidade, que fica na Rua Lauro Borges, nº. 97, Bairro Estados Unidos. Também é na Central de Atendimento que os eleitores dos 57 municípios que estiverem em Governador Valadares poderão justificar a ausência. Fica na Avenida Minas Gerais, nº. 972, Centro.

Em Ouro Preto, os eleitores dos municípios com 2º turno que estiverem por lá no domingo de votação (30) poderão justificar no cartório eleitoral do município, na Praça Reinaldo Alves de Brito, nº. 38, no Centro. Em Tiradentes, as justificativas serão recebidas na Secretaria de Turismo, à Rua Resende Costa, nº. 7, no Centro. Em Capitólio, os eleitores poderão justificar na Escola Municipal Lourenço Belo, que fica na Rua Doutor Avelino de Queiroz, no Centro. 

Confira os locais (formato PDF) onde as justificativas poderão ser recebidas em todo o estado.

Para justificar, o eleitor deve levar um documento oficial de identificação com foto e entregar o formulário de justificativa (formato pdf) preenchido. Os dados devem estar corretos e legíveis para que a justificativa seja considerada válida. 

Dentre as informações necessárias para preencher o formulário está o número do título de eleitor – que pode ser consultado no site do TRE ou pelo Disque-Eleitor (148). É importante não deixar para consultar no dia da eleição, já que o site e as linhas telefônicas podem ficar congestionados.

Leia todas as informações sobre justificativa.

TRE MG no Twitter.
TRE MG no Facebook.

Comunicação / Tribunal Regional Eleitoral - MG


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Confira o resultado das Eleições 2016 em Minas Gerais

Disponíveis resultados detalhados das eleições em MG com informações de cidades com prefeitos eleitos sub judice

Apenas 7% dos prefeitos eleitos em Minas são mulheres, sendo que 60% delas estão na faixa etária entre 45 e 59 anos. Essa e outras estatísticas e informações sobre o resultado das eleições 2016 no estado podem ser consultadas no sistema de Divulgação de Resultados e Estatísticas do TRE-MG.

Outra curiosidade que pode ser consultada é quanto às maiores e menores diferenças de votos na disputa pelas prefeituras. Lá é possível ver que em Serranos, no Sul de Minas, o prefeito foi eleito com apenas um voto de diferença.

O sistema traz os resultados por seção eleitoral e outras informações para download como: prefeitos e vereadores eleitos por município, resultados detalhados para prefeito e vereador por município, resultados por locais de votação.

Indeferidos com recurso

Também está disponível para consulta a lista de prefeitos eleitos por município e a informação dos casos em que há pendências no julgamento de processos de registro de candidaturas de prefeitos/vice-prefeitos e que podem interferir no resultado. Nesses locais há uma observação: “Município com candidato mais votado com registro sub judice. Não há definição de candidato eleito”.

Até agora, a situação se repete em: Alvorada de Minas, Antônio Dias, Araújos, Areado, Cabeceira Grande, Campo Azul, Conceição do Rio Verde, Cristiano Otoni, Divinópolis, Ervália, Frutal, Guapé, Guaraciama, Ibituruna, Itumirim, Leopoldina, Manga, Mercês, Montes Claros, Pequeri, Periquito, Santana da Vargem, Santana do Manhuaçu, São Bento Abade, São José Do Goiabal, Senhora Dos Remédios, Vargem Grande do Rio Pardo. Esses dados podem ser alterados a qualquer momento, dependendo das decisões judiciais em cada um dos processos.

TRE MG no Twitter.
TRE MG no Facebook.

Comunicação / Tribunal Regional Eleitoral - MG



quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Quatro cidades mineiras terão segundo turno no próximo dia 30

Os municípios mineiros que terão segundo turno são Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora e Montes Claros, totalizando 3.042.314 eleitores que voltarão às urnas no dia 30 de outubro.

De acordo com a Lei das Eleições (Lei 9.504/97, artigo 2º, parágrafo 2º), o segundo turno acontece quando nenhum candidato alcança a maioria absoluta na primeira votação. Além disso, o outro critério estabelecido pela legislação eleitoral para o segundo turno é que a cidade tenha mais de 200 mil eleitores.

O Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira está trazendo os editais com a proclamação provisória do resultado da eleição majoritária de cada um dos quatro municípios, assinado pelos respectivas juízes titulares dos Foros Eleitorais. Esta quinta-feira (6) é o prazo final para a divulgação do resultado provisório da eleição para prefeito e vice-prefeito, se obtida a maioria absoluta de votos, nos municípios com mais de 200 mil eleitores, ou os dois candidatos mais votados, segundo o Calendário Eleitoral.

Candidato sub judice

Dentre os municípios com segundo turno, Montes Claros tem uma peculiaridade: um dos candidatos que obteve votação para ir para o segundo turno, Ruy Muniz (48.834 votos), está com registro na situação “indeferido com recurso”. Nestes casos, os votos são computados em separado e, com base na proclamação provisória de resultados feita pelo juiz local, o processo eleitoral continua, até que seja definida a situação do registro da chapa.

O indeferimento foi motivado pela renúncia do candidato a vice de Ruy Muniz, Danilo Narciso, ocorrida em 16 de setembro de 2016, quando já não era mais possível a sua substituição, com base nas mudanças ocorridas na legislação eleitoral. A coligação de Ruy Muniz apresentou novo pedido de registro de vice, o candidato Jason Neto, do PSD.

No julgamento desta quarta-feira (5), o TRE rejeitou, por cinco votos a zero, os embargos de declaração interpostos no processo por Ruy Muniz e manteve decisão do dia 28 que já havia confirmado o indeferimento da chapa. A decisão se baseou na impossibilidade de substituição do candidato a vice-prefeito em razão do prazo, pois a legislação eleitoral (art. 13, § 3º, da Lei nº 9.504/1997) só permite que seja feita até 20 dias antes do pleito (nessas eleições, dia 12 de setembro). A única exceção legal para se permitir a substituição do candidato fora do prazo é no caso de falecimento, não se podendo estender os efeitos dessa exceção para a hipótese de renúncia. 

Informações gerais sobre os municípios com segundo turno:

MUNICÍPIO / ELEITORADO

Montes Claros / 262.496

Juiz de Fora / 395.425

Contagem / 456.933

Belo Horizonte / 1.927.460

Total                    3.042.314

BELO HORIZONTE

Candidato - nome de urna / Part./Colig. / Votos / % (*)

JOÃO LEITE / PSDB
(PSDB/PPS/PP/DEM/PRB/PRTB) / 395.952 / 33,4

KALIL / PHS
(PHS/REDE/PV) / 314.845 / 26,56

CONTAGEM

Candidato - nome de urna / Part./Colig. / Votos / % (*)

CARLIN MOURA / PC do B 
(PC do B/PDT/PT/PRB/PEN/ PTC/PSDC/PHS/PMN/PROS/PTB) / 79.454 / 27,87

ALEX DE FREITAS / PSDB 
(PSDB/PV/PMB/PP/PPS/PSB/PT do B/PRP/PSL/SD) / 70.358 / 24,68

JUIZ DE FORA

Candidato - nome de urna / Part./Colig. / Votos / % (*)

BRUNO SIQUEIRA PMDB 
(PMDB/PSDB/PV/PRB/PP/PPL/PTB) / 103.872 / 39,07

MARGARIDA SALOMÃO PT 
(PT/PROS/PC do B) / 59.506 / 22,38

MONTES CLAROS

Candidato - nome de urna / Part./Colig. / Votos / % (*)

HUMBERTO SOUTO PPS
(PPS/PP/PDT/SD/REDE/PEN/PT do B/PV/PR/PSL/PRP) / 76.595 / 54,89

RUY MUNIZ PSB 
(PSB/PMDB/PSD/PTC/PTB/PRB/PRTB/PHS/PMN) / 0 * / 0 *

* votação nula ou anulada porque o candidato está com registro sub judice. O candidato teve nas urnas 48.834 votos.


TRE MG no Twitter.
TRE MG no Facebook.

Comunicação / Tribunal Regional Eleitoral - MG

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Apuração Prefeito e Vereador de Pratinha

Seq. Núm. Candidato Partido Votação % Válidos
*0001 36 JOHN WERCOLLIS PTC 1.334 54,43% Eleito
2 22 JOSÉ JOAQUIM PR 1.117 45,57%
Eleitos para a Câmara Municipal de Pratinha

Seq. Núm. Candidato Partido Votação % Válidos
*0001 77777 NEY SD 167 6,66%
*0002 55555 ANGELO DA AMBULÂNCIA PSD 161 6,42%
*0003 25555 RONALDO LIMA DA AMBULÂNCIA DEM 142 5,66%
*0004 77444 ISMAELÃO SD 127 5,06%
*0005 17700 CHIQUINHO PSL 112 4,47%
*0006 77000 IVAN SD 112 4,47%
*0007 36789 SILVANDO PTC 103 4,11%
*0008 36666 ALVARO DA RADIO PTC 96 3,83%
*0009 90000 TARCÍSIO PROS 96 3,83%

Apuração Prefeito e Vereador de Perdizes

Seq. Núm. Candidato Partido Votação % Válidos
*0001 45 FERNANDINHO PSDB 5.246 57,54% Eleito
2 20 ELIANA DO ESCRITÓRIO PSC 3.808 41,77%
3 10 KLEBER MINAS PRB 63 0,69%
Eleitos para a Câmara Municipal de Perdizes

Seq. Núm. Candidato Partido Votação % Válidos
*0001 70100 LUCAS DO CERRADO PT do B 687 7,31%
*0002 40123 WILLIAM PARCEIRO PSB 562 5,98%
*0003 23123 RODRIGO SADAN PPS 483 5,14%
*0004 11500 BUIU PP 477 5,07%
*0005 14700 JOEL MECANICO PTB 464 4,94%
*0006 23623 GILMAR BORGES DE MELO PPS 386 4,11%
*0007 11800 CLÁUDIA BARRETO PP 304 3,23%
*0008 45678 JOÃO NICO PSDB 275 2,92%
*0009 15000 LUCIMAR CUNHA PMDB 266 2,83%